Como lidar com dificuldades financeiras

Não sabe como lidar com dificuldades financeiras? Com os tempos de crise que estamos a passar no nosso país, muitos de nós fomos apanhados por sérias dificuldades financeiras, e muitos de nós não sabíamos sequer o que isso poderia significar. Mas a verdade é que essa avalanche nos apanhou, e de um modo ou de outro temos de aprender a lidar com isso. Aprender a poupar no dia-a-dia é fundamental, mas não chega. Veja tudo a respeito neste artigo que espero ser-lhe bastante útil! 

O desemprego tomou dimensões grotescas, e com o impedimento de transacções em dólares ainda piorou mais a nossa situação, pois ficamos à mercê da nossa moeda, que desvaloriza rapidamente. Por essa razão, as próprias empresas acabaram por sentir um abrandamento nas vendas, e o mercado passa por maus momentos no nosso país.

como lidar com dificuldades financeiras passo a passo

Ora, quando nos encontramos numa situação como esta, o ideal é saber lidar com as dificuldades financeiras de forma a ultrapassá-las sem grandes danos, pelo menos por danos que nos levem à falência total das nossas finanças pessoais.

Passo a Passo: Como lidar com dificuldades financeiras

Existe uma série de coisas que você pode fazer quando se encontra com dificuldades financeiras. Este passo a passo tem como objectivo ajudá-lo a saber como lidar com dificuldades financeiras.

  1. Não se culpe

Nós sabemos o quão difícil é passar por momentos difíceis, onde muitas vezes perdemos tudo o que construímos até à data. No entanto, a primeira coisa a fazer é não se culpar. Tenha sempre em mente que a sua vida começa de hoje para a frente, e tente deixar o passado para trás das costas. Não se lamente pelo que teve, pelo que conquistou, ou pelo que foi no passado.

2. Não se lamente

É óbvio que a culpa da crise económica externa não é sua, mas o facto de passar a vida a lamentar-se não vai encher os cofres do Estado. A única coisa a fazer é saber como lidar com dificuldades financeiras, e quanto mais honesto você for consigo mesmo, mais eficazes serão as ferramentas disponíveis para tomar as decisões acertadas.

3. Faça uma avaliação das suas despesas

É muito importante que você saiba onde está a gastar dinheiro desnecessário. Para saber onde estão os excessos, deverá avaliar todas as suas despesas. Corte os excessos assim que os identificar. Só deverá ficar com aquilo que é realmente essencial.

Embora seja um passo muito difícil de ser tomado, especialmente quando envolve uma empresa, funcionários, pessoas de quem gostamos, entre outros aspectos de foro sentimental, esse é um ponto muito importante para recuperar a sua saúde financeira.

No entanto, tenha a certeza dos cortes que está a fazer. Por exemplo, se tem uma empresa, não vai mandar embora o vendedor que mais clientes tem só porque ele ganha mais do que os outros. Seja inteligente.

4. Tente renegociar as dívidas (no caso de as ter)

Nas alturas de crise, e esta é a notícia boa que tenho para lhe dar, é que tanto os bancos como as instituições de crédito estão preparadas para fazer uma renegociação das dívidas, porque eles querem receber o dinheiro, e facilitarão a vida a quem quiser, de facto, pagar.

Ligue para lá e diga que não tem possibilidades de pagar o valor em falta nas condições actuais. Eles certamente acordarão consigo uma renegociação das dívidas.

 

Seguindo este passo a passo você estará pronto para enfrentar o mundo, e saberá exactamente como lidar com dificuldades financeiras. Bom ano!

Relacionados

Deixar um comentário