O Portal Bancos de Angola

É um espaço informativo de divulgação e educação voltado ao sector bancário angolano, suas ofertas, promoções, entrevistas, matérias, cotações, etc. Não devendo ser interpretado como substituto das entidades reguladoras do sector financeiro.

Venda ilegal de divisas faz aumentar a inflação

cambio-kwanza

 

fonte:JA

O Banco Nacional de Angola (BNA) defende o combate da venda ilegal de dólares nas ruas, uma das formas de acesso a divisas no país, transaccionadas três vezes acima da taxa de câmbio oficial.A posição vem expressa na mais recente nota mensal do Comité de Política Monetária do BNA.O CPM do Banco Nacional de Angola (BNA) recomendou às autoridades competentes maior controlo e responsabilização dos agentes promotores do mercado informal de moeda estrangeira, ao mesmo tempo que pretende que a supervisão do banco central seja “mais actuante e enérgica na preservação da ética e cumprimento das normas do sistema financeiro”.Perante a actuação da Polícia, que tenta combater o fenómeno, as “kínguilas” tendem agora a não fazer as transacções nas ruas mas em casa, mais resguardadas, onde negoceiam com os clientes.Ontem, os vendedores informais de divisas já transaccionavam, em algumas zonas de Luanda, cada nota de dólar a mais de 600 kwanzas, quando a taxa de câmbio oficial ronda os 166 kwanzas, tendo em conta a elevada procura por dólares e a cada vez mais reduzida oferta no mercado formal.Na semana passada, a venda de divisas no mercado primário atingiu 217,8 milhões de dólares, muito mais que os cinco milhões passados aos bancos comerciais nos sete dias anteriores. Uma semana antes, o banco central vendeu 1,9 milhões de dólares e dois milhões de euros para o pagamento de operações da companhia de Transportes Aéreos de Angola (TAAG) e da Televisão Pública de Angola (TPA).O BNA declarou que, na semana passada, vendeu 65,3 milhões de dólares para cobertura de importações dos programas sectoriais do Executivo, nomeadamente insumos, matérias-primas e equipamentos para a agricultura, indústria e pescas.

Trinta milhões de dólares foram vendidos para cobertura das operações das companhias aéreas, 20 milhões para os serviços de telecomunicações e 15,6 milhões para a importação de medicamentos e material hospitalar, afirma o documento. As vendas incluíram 24 milhões de dólares para pagamentos ­relacionados com ajuda familiar, saúde, educação, viagens e remessas de dinheiro, sete milhões para cobertura cambial de salários de não residentes e dez milhões para operações bancárias diversas.

O banco central declarou a transacção de 45,4 milhões de dólares em leilão de preço para a cobertura de operações de importação das empresas prestadoras de serviço ao sector petrolífero.

A cotação do dólar no mercado primário publicada segunda-feira no site do BNA foi de 166,708 kwanzas e a do euro de 186,262 kwanzas, quase inalteradas face à da semana de 2 a 6 de Maio, quando as duas divisas foram cambiadas a 166,707 kwanzas e a 186,261 kwanzas.




Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Conteúdo Protegido !!