O Portal Bancos de Angola

É um espaço informativo de divulgação e educação voltado ao sector bancário angolano, suas ofertas, promoções, entrevistas, matérias, cotações, etc. Não devendo ser interpretado como substituto das entidades reguladoras do sector financeiro.

Saldo Disponível e Saldo Contabilístico, qual a diferença?

saldo contabilistico e disponivel bancosdeangola artigo

Por: Stélio Feijó | Luanda

Um dos “dilemas” que têm enfrentado muitos dos consumidores de produtos e serviços bancários é a diferença entre saldo disponível e contabilístico, inclusivemente, várias pessoas que não conhecem a diferença insistem em tentar por exemplo levantar ou sacar os valores do saldo contabiístico num ATM (Multicaixa), e muitas vezes não obtendo os valores reclamam junto aos respectivos bancos emissores dos cartões, outros ainda chegam a trocar de cartão, achando que existe qualquer erro no cartão e ainda outros presumem erradamente que o banco estaria subtraindo seus valores.

 

Quando o saldo contabilístico é diferente do dispoível

Esta é a situação que causa maior desconforto aos utentes de cartões de débito, especialmente se ao consultarem o seu saldo lhes for impresso um saldo contabilístico superior ao saldo disponível, inclusive em alguns casos o saldo disponível pode ser negativo, e a pessoa não se aperceber, daí surgirem várias especulações se os referidos utentes não saberem do que se trata.

 

O que é o saldo Contabilístico?

De uma maneira geral, o saldo contabilístico é o saldo que resulta da diferença entre os créditos e os débitos efectuados numa conta de depósito à ordem de proveniencias variadas, sejam depósitos, transferências, levantamentos, cheques, etc. O saldo contabilístico reflecte apenas o valor da diferença entre os débitos e os créditos que já tenham efectivamente reflectido na conta, e não movimentações cuja data de débito é futura, ou pelo menos diferente da data valor.

Podemos neste ambito ainda definir de maneira prática a data valor como a data real em que um movimento foi efectuado, o dia real.

 

O que é Saldo Disponível?

O saldo da conta correspondente ao valor que o seu titular pode utilizar de imediato, sem recorrer a crédtio, sem ficar sujeito a pagamentos de juros, comissões ou outros encargos posteriormente é o saldo disponível. Muitas vezes resulta da diferença entre o sando contabilístico, com os cativos a débito (montantes que o banco “prendeu” para o cliente não movimentar), os valores indisponíveis (por exemplo cheques de outros bancos que só estarão disponíveis após boa cobrança), e dos créditos ou débitos com data valor futura (como movimentos efectuados por exemplo na sexta-feira mas só reflectirão na segunda feira). Então como todos estes saldos poderão estar espelhados no saldo contabilístico, no disponível retira-se esses todos montantes, fazendo assim o saldo que é efectivamente seu.

 

Exemplos práticos

Um cheque de outro banco depositado em sua conta (também conhecido como cheque de compensação), normalmente reflectirá no saldo contabilístico logo após a operação de depósito, porém, poderá apenas ser movimentado após boa cobrança, após a confirmação e compensação junto do respectivo banco ao qual emissor do cheque.

A situação acima poderá causar uma diferença entre o saldo contabilístico e o disponível, no saldo do cliente poderão aparecer os dois saldo, o contabilístico constando o valor do cheque e o disponível contendo apenas o valor que a conta tinha antes do depósito do cheque.

Outra situação muito comum, especialmente no nosso país, é que em alguns feriados e fins de semana, muitos bancos eventualmente estarão off-line na rede multicaixa, mas não podendo os clientes ficar sem resposta, poderá ser-lhes apresentado um alterior saldo, também chamado saldo de véspera (um termo mais técnico que será abordado futuramente), se este saldo de véspera for positivo e movimentável, o cliente poderá sacar o referido valor, e na segunda-feira, quando o banco emissor do cartão estiver on-line, serem todos os debitos subtraídos do saldo real que o cliente tem, ou seja do saldo disponível. Em muitos casos, se o saldo disponível for inferior ao saldo de véspera, no momento da regularização ou acerto de saldos, a conta ficará à negativa pelo valor da diferença.

Eventualmente surgirão alguns clientes no banco a reclamarem de terem constatado um saldo superior no fim de semana, mas que depois o valor teria sido retirado, alguns até mesmo a alegar que o banco se teria apoderado do dinheiro do cliente.

Em alguns bancos no estrangeiro, existe ainda um saldo autorizado, até onde vai o nosso conhecumento sobre a banca Angolana, ainda não foi definida esta situação no nosso sistema, mas podemos já adiantar que se trata de é o saldo colocado à disposição do Cliente, constituído pelos fundos próprios e pelos fundos que o Cliente pode movimentar para além do Saldo Disponível, e cuja utilização poderá implicar o pagamento de juros e outros encargos. Por exemplo, um adiantamento de salario, pode gerar um descoberto na conta do cliente, porém reflectir como saldo positivo numa consulta em ATM, podendo o cliente movimentar, mas tendo a posterior encargos relacionados aos juros pelo descoberto.

Uma noção que nos afeta muito aqui em angola é o saldo de véspera, embora tenha acima frisado suavemente o seu significado, ficamos com o compromisso de em artigos futuros desenvolver de maneira mais abrangente o tema.

Então lembre-se sempre destas considerações antes de ir ao banco reclamar que foi roubado, analise sempre os movimentos num extracto onde são espelhados tanto o saldo disponível como o saldo contabilístico, e tenha em atenção a data-valor ao verificar a veracidade dos movimentos.

 




6 thoughts on “Saldo Disponível e Saldo Contabilístico, qual a diferença?

  1. Fernando Manuel Pascoal

    Obrigado!

    Foi esclarecido sobre a diferencia, entre Saldo Disponível e Saldo Contabilístico …

    Reply
  2. Maria Malomba André

    Estou esclarecida da diferença entre o saldo Contabilista e o saldo Disponivel.

    Reply
  3. João de Deus Memo

    Meu muito obrigado pelo esclarecimento no tocante o Saldo Contabilístico e o Saldo Disponível. Na verdade esse assunto é bastante pertinente e deveria ser de domínio de todos os técnicos bancários que temos em Angola.

    Reply
  4. Ermelim Felix de Carvalho

    O BPC emitiu uma Ordem de Serviço nº 406/09 de 7 de Julho em que o 2º titular tem mais poderes que o próprio titular. Senão vejamos, o 2º titular pode pedir cartão multi- banco. Ao solicitar o tal cartão pode solicitar o cancelamento do cartão que esta com o titular. O 2º titular pode levantar os valores ou transferir todo dinheiro que não e sua pertença. O 2º titular pode solicitar o bloqueamento da conta impossibilitando o titular de a movimentar. O titular não pode solicitar a retirada do 2º titular sem seu consentimento. Esta Ordem de Serviço não protege o titular e facilita fraudulências do 2º titular. Escrevo com experiencia pois sou reformado e o 2º titular limpou a minha reforma. Quando solicitei a retirada do 2º titular o BPC não aceitou, pois, só o poderia fazer com autorização do 2º titular. Resumindo esta Ordem de Serviço esta a provocar AVC aos reformados, quando são informados que o 2º titular limpou a conta. Os reformados colocaram 2º titular por questões burocráticas do Banco, com objetivo de, por deficiências visuais, auditivas ou de locomoção auxiliarem o titular. Agradeço seja revista a tal Ordem de Serviço que deu mais poderes ao 2º titular.

    Reply

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Conteúdo Protegido !!