O Portal Bancos de Angola

É um espaço informativo de divulgação e educação voltado ao sector bancário angolano, suas ofertas, promoções, entrevistas, matérias, cotações, etc. Não devendo ser interpretado como substituto das entidades reguladoras do sector financeiro.

Emis e Mastercard fazem parceria

A Emis, Empresa Interbancária de Serviços e a Empresa Norte Americana Mastercard, ligada ao sector de pagamentos anunciaram em Luanda uma parceria que possibilita os ATM’s (Máquinas de Pagamento Automático) aceitarem na Rede Cartões da Marca Mastercard.

A partir de hoje, turistas, viajantes de negócios e os cidadãos locais que transportam os cartões de pagamento MasterCard podem retirar em moeda nacional, Kwanza, a partir de mais de 2.600 caixas electrónicos, pertencentes aos 23 bancos na rede EMIS. Antes da parceria, os portadores de cartões MasterCard só poderiam acessar fundos em 65 caixas electrónicos no país.

“A modernização do nosso sistema de pagamentos electrónicos, ligando nossos bancos através da rede EMIS para o ecossistema de pagamentos global da MasterCard contribuirá de forma significativa para o desenvolvimento económico em curso em Angola,” diz José Gualberto de Matos, Presidente da Comissão Executiva da EMIS. “Mais importante ainda, como resultado desta parceria, as transacções electrónicas estão agora muito mais fácil para os visitantes internacionais e intra-regionais para o país.”

Uso dos caixas electrónicos tem aumentado rapidamente em Angola desde 2010, quando EMIS obteve mais de 60 milhões de transacções. Em 2013, esse número duplicou para mais de 134 milhões de transacções, atribuído em parte ao crescente número de visitantes estrangeiros.

“Este é um marco significativo para Angola, MasterCard e EMIS,” diz Charlton Goredema, vice-presidente e chefe da Área de Negócios da MasterCard para África Subsariana. “À medida que Angola recebe mais turistas e viajantes de negócios a partir de nações com fortes laços culturais e económicos, como o Brasil e Portugal, bem como de países da SADC, é fundamental que os canais de pagamentos apropriados estejam desenvolvidos para proporcionar conveniente, mais segurança e formas confiáveis para acessar fundos no país.”

O Mundo do Turismo e do Conselho de Viagens informou recentemente que viagens e turismo contribuiu directamente 184.1 biliões KZ para o PIB de Angola em 2013 (1,4% do PIB total). As previsões deste Conselho é um aumento de 8,1% em 2014. Além disso, viagens e turismo suportados directamente 63.500 postos de trabalho no ano passado, ou 1,5% do emprego total.

O desenvolvimento de um ecossistema financeiro que pode atender aos padrões de aceitação internacional também suporta o governo para expandir o turismo doméstico, regional e internacional, conforme descrito no Plano Director de Turismo do governo,” diz de Matos. “Dado o impacto positivo do turismo no PIB de Angola, o nosso sistema de pagamentos recém-integrado vai avançar o desenvolvimento económico global, algo que Angola tem levando muito a sério, como evidenciado pelo facto de que o país hoje tem a terceira maior economia da África Subsariana.”

A colaboração vem num momento em que a MasterCard está trabalhando em parceria com governos e instituições financeiras para ampliar o uso e aceitação de pagamentos electrónicos, promovendo os seus benefícios em relação a transacções em dinheiro. Hoje, mais de 85% dos pagamentos de retalho a nível mundial ainda são realizadas com dinheiro ou cheque, com o percentual maior em África. No entanto, a combinação de uma literacia financeira e a rápida expansão da classe média ira melhorar de forma consistente, apoiada por tecnologia robusta, está a aumentar a adesão para o uso de pagamentos electrónicos na África, oferecendo oportunidades para o avanço de uma sociedade sem dinheiro em todo o continente.

“A nossa colaboração com a EMIS é mais um passo para concretizar a visão da MasterCard de um mundo além do dinheiro,” diz Goredema. “Os novos serviços introduzidos pelos governos e líderes da indústria financeira como EMIS é fundamental para aumentar a captação e uso de pagamentos electrónicos. Em Angola, isso vai ajudar o país a integrar a sua economia com as outras partes do mundo. Importante, também estamos contribuindo para a liberdade financeira dos cidadãos de Angola, e quem visita Angola para o trabalho ou lazer.”

Fonte: Mastercard




One thought on “Emis e Mastercard fazem parceria

  1. wilson antonio

    Porque as agencias comercias continuam a não ter comprir com seu dever de repor o dinheiro nos ATM aos fins de semanas qual e medida que o regulador esta tomar

    Reply

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Conteúdo Protegido !!