fonte: O PAIS

Um projecto do Banco Africano de Investimentos (BAI), denominado “Correspondente Bancário BAI”, foi apresentado ontem, em Saurimo, aos empresários locais e administradores municipais.

A coordenadora da unidade dos correspondentes bancários do BAI, Helena Farias, explicou que o projecto é um serviço que permite a qualquer pessoa/empresa, entre as suas actividades, actue como agente intermediário entre o Banco e seus clientes finais.

De acordo com os proponentes, o projecto é acessível por sistemas informáticos simplificados, que permite aos seus clientes a possibilidade única de efectuarem operações bancárias com facilidade, rapidez e segurança, disse. O projecto permite ainda ao correspondente bancário a abertura de conta, depósitos, levantamentos, transferências, adesão a cartão multicaixa, remessas de valores, depósito para poupança e pedido de crédito.

Realçou que “o correspondente bancário facilita o acesso a banca, cuja abertura de conta tem como valor mínimo de 250 kwanzas e em termos de exigências documental o cliente pode até dirigir-se com a sua cédula e fazer a abertura de conta I”, deu a conhecer, a funcionária do referido banco.