O Portal Bancos de Angola

É um espaço informativo de divulgação e educação voltado ao sector bancário angolano, suas ofertas, promoções, entrevistas, matérias, cotações, etc. Não devendo ser interpretado como substituto das entidades reguladoras do sector financeiro.

Injectados mais euros no mercado financeiro

20151141949_NotasEurosSET2012
Fonte:JA

O Banco Nacional de Angola (BNA) aumentou as transacções de divisas de 237,1 milhões de euros (equivalentes a 265 milhões de dólares), do consolidado da última semana de Setembro, para 328,1 milhões de euros (cerca de 366,6 milhões de dólares), no período de 3 a 7 de Outubro.

A venda da moeda norte-americana no mercado cambial primário nacional continua estável pelo sétimo mês consecutivo, em 166,7 kwanzas o dólar, ainda que com ligeiros aumentos em cêntimos, na ordem de 0,001 por cento, seguindo o euro o mesmo rumo, na ordem de 186,2 kwanzas cada euro, desde que no mês de Abril foi transaccionado a 186,261, contra os 180,408 kwanzas do mês de Março.
Dados do Banco Nacional de Angola (BNA) indicam que entre os dias 3 e 7 deste mês a taxa de câmbio média de referência de venda do dólar ao mercado cambial primário esteve em torno de 166,719 kwanzas por dólar, com variação de 0,001 por cento, um diferencial que, comparado ao mês de Abril de 2016, reflecte um ligeiro incremento de 0,012 kwanzas.
Em Abril deste ano o dólar valia 166,707 kwanzas e, em Outubro do ano passado, 135,981 kwanzas. A taxa de câmbio média de referência de venda do euro apurada no período de 3 a 7 de Outubro foi de 186,273 kwanzas o euro, também com variação de 0,001 por cento face à semana anterior. No mês de Outubro de 2015, um euro era vendido no mercado primário a 150,232 kwanzas.
O BNA aumentou as transacções de divisas de 237,1 milhões de euros (equivalentes a 265 milhões de dólares), do consolidado da última semana de Setembro, para 328,1 milhões de euros (cerca de 366,6 milhões de dólares), no período de 3 a 7 de Outubro, ao mesmo tempo que incrementou as suas operações de cobertura de cinco para treze grupos.
Na primeira semana deste mês o BNA vendeu 35,8 milhões de euros em leilão de preço para o sector petrolífero, 79,6 milhões para a cobertura do sector da Indústria, 73 milhões para cobertura de operações com bens alimentares, 27 milhões para cobertura de operações de cartões de crédito, 25,4 milhões para cobertura de operações de empresas diversas, 21 milhões para cobertura de operações de cartas de crédito, 20,9 milhões para cobertura de operações de ministérios e organismos do Estado e 13,5 milhões para cobertura de operações do sector de comunicação social.
Dos 328,1 milhões de euros vendidos no período em análise, 17,9 milhões de euros cobriram as operações de viagens, ajuda familiar, saúde e educação, 9,8 milhões para cobertura de operações do sector da agricultura, 2,2 milhões para cobertura de operações de operadoras de remessas, 1,3 milhões para cobertura de operações das casas de câmbio e 447,5 mil para cobertura de operações do sector de energia e águas.
Entre 26 e 30 de Setembro deste ano, o banco central angolano realizou vendas de divisas ao mercado para satisfazer leilões de preço (62,7 milhões de euros), operações de empresas diversas (4,7 milhões), operações do sector da Agricultura (49,2 milhões), operações do sector da Indústria (43,4 milhões) e operações diversas da economia (77,1 milhões de euros).

Operações fiscais

Para a gestão corrente do Tesouro Nacional, o BNA colocou no mercado primário Títulos do Tesouro no montante de 44,9 mil milhões de kwanzas, sendo 32,2 mil milhões em Bilhetes do Tesouro (BT) e 12,7 mil milhões em Obrigações do Tesouro (OT-TX). As OT-TX emitidas foram nas maturidades de 2, 4 e 5 anos, a taxas de juro nominais de sete por cento, 7,50 e 7,75 por cento ao ano.
As taxas de juro médias apuradas para os BT nas maturidades de 91, 182 e 364 dias tiveram variação de menos 0,02 pontos percentuais (pp), 0,02 pp e 0,38 pp, face à semana anterior, situando-se em 13,87 por cento ao ano para 91 dias, 16,72 por cento ao ano para 182 dias e 19,36 por cento ao ano para 364 dias. Na venda directa de títulos ao público foi colocado o montante de 1,1 mil milhões de kwanzas, sendo 480 milhões de kwanzas em OTMN/TXC, na maturidade de dois anos, e 647 milhões em BT, nas maturidades de 91, 182 e 364 dias.

Operações monetárias

Para efeitos de regulação monetária, o banco central realizou operações de mercado aberto (OMA) no montante de 5,3 mil milhões de kwanzas, nas maturidades de 28 e 63 dias. No mercado interbancário, os bancos comerciais realizaram entre si operações de cedência de liquidez, sem garantia de títulos, no montante acumulado de 7,8 mil milhões de kwanzas, em diversas maturidades, a taxas médias de juro que variam entre 14,47 e 21,50 por cento.
A LUIBOR overnight (um dia), apurada no último dia da semana, com base nas cedências de liquidez acima referidas, situou-se em 14,47 por cento ao ano, sem variação face à semana anterior.
A LUIBOR para as maturidades de 30, 90, 180, 270 e 360 dias situou-se em 14,92 por cento ao ano (aa), 16,09 por cento aa, 16,78 por cento aa, 17,24 por cento aa e 17,90 por cento aa, respectivamente, com variação de 0,28 pontos percentuais (pp) a 0,30 pp em todas as maturidades, comparado à semana anterior.




One thought on “Injectados mais euros no mercado financeiro

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Website Protected by Spam Master


error: Conteúdo Protegido !!