O Portal Bancos de Angola

É um espaço informativo de divulgação e educação voltado ao sector bancário angolano, suas ofertas, promoções, entrevistas, matérias, cotações, etc. Não devendo ser interpretado como substituto das entidades reguladoras do sector financeiro.

Huíla: BNA implementa medidas para reduzir queda das receitas externas

bna-bancosdeangola.co.ao

fonte: portalagop

Lubango – O Banco Nacional de Angola (BNA) está a implementar, desde o princípio deste ano, várias medidas a nível monetário e cambial para minimizar o impacto da queda das receitas externas disse hoje, sexta-feira, na cidade do Lubango, província da Huíla, o vice-governador da instituição bancária, Guadalberto Campos.

O responsável fez esse pronunciamento quando dissertava no tema “Política monetária e cambial face à queda das receitas externas”, no âmbito do Fórum de Negócios e Oportunidades de Investimentos, Investe/ Huíla, que iniciou hoje e termina sábado.

Informou que uma das estratégias adoptada pelo banco foi a redução da taxa de absorção “Overnight” para zero porcento no Comité de Política Monetária, realizado em Fevereiro deste ano.

Essa medida, explicou, visou promover a concessão de crédito pelos bancos comerciais e dar alguma folga em termos de liquidez para a colocação de títulos públicos.

O BNA decretou também a alteração do coeficiente de reservas obrigatórias, em moeda nacional para 25 porcento, sendo que 10 porcento foi cumprida através de títulos públicos, emitidos a partir de Janeiro do corrente ano, pertencentes à respectiva carteira do banco.

Referiu ainda que foram também alteradas regras operacionais das casas de câmbios, como a permissão da venda de moeda estrangeira a residentes cambiais até ao montante de cinco mil dólares, conforme o instrutivo número 07/2015 de 28 de Maio, de modo a promover maior transparência no mercado cambial.

O responsável fez saber que houve um aumento da venda de divisas no mercado cambial, no seguimento da autorização da Comissão Económica do Conselho de Ministros, para satisfazer a demanda.

O prelector destacou também a realização de leilões de venda de moeda estrangeira às casas de câmbio, conforme instrutivo número 17/2015 de 20 de Agosto, visando a normalização dos mercados primário e secundário de cambiais, em função da oferta de moeda estrangeira para o público e a estabilidade das taxas de câmbio.

No fórum estão a ser abordados temas em torno do enquadramento jurídico, cooperação internacional e facilitação de negócios, assim como a demonstração das potencialidades económica da província da Huíla.

O Invest Huíla é uma unidade ad-hoc do Governo da Huíla, inserida no Gabinete de Estudos, Planeamento e Estatística encarregue da promoção, atracção e divulgação do potencial económico e social da região, com vista a mobilização de investimentos públicos e privados.

 

 




Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Website Protected by Spam Master


error: Conteúdo Protegido !!