O Portal Bancos de Angola

É um espaço informativo de divulgação e educação voltado ao sector bancário angolano, suas ofertas, promoções, entrevistas, matérias, cotações, etc. Não devendo ser interpretado como substituto das entidades reguladoras do sector financeiro.

Estado consegue financiamento de mais de 45 milhões de Euros

O Estado consegue financiamento de mais de 45 milhões de euros do BNI (Banco de Negócios Internacional, num montante total de oito mil milhões de Kwanzas. O acordo de financiamento foi aprovado pelo Presidente da república. 

Em causa está a necessidade de implementar projectos que estão integrados no Programa de Investimentos Públicos, de forma a atender à real necessidade de dinamizar o desenvolvimento, quer social, quer económico, do país. Este desenvolvimento dar-se-à através de um impulsionamento da agricultura, assim como para apoiar o programa de aquisição de meios, e sua afectação.

Embora tenha sido aprovado o financiamento, ainda não se sabem quais são as condições que lhe estão inerentes.

Agricultura no topo das prioridades

O programa de diversificação da economia aposta grandemente na agricultura, de forma a colocar o país mais independente face ao petróleo. Este programa foi lançado em Janeiro do ano passado pelo Governo, e o objectivo passa por travar as importações, e consequentemente aumentar a produção e consumo nacional.

A verdade é que Angola não tem vivido tempos fáceis, e desde 20014 que enfrenta uma grave crise financeira e económica, muito por causa da sua dependência face ao preço do barril de crude, que disparou, colocando o país em maus lençóis.

Desde então que têm sido várias as tentativas de reverter o panorama, mas não se tem conseguido equilibrar as contas celeremente. No Orçamento Geral do Estado de 2017 é demonstrado que as receitas fiscais apenas dão para cobrir 49.6% das necessidades globais, ainda acrescendo as receitas patrimoniais com 6.7%.

No Orçamento ainda é possível constatar que as receitas advindas do endividamento público poderão atingir 43.6% do montante total que está inscrito no Orçamento, alcançando o valor de 3.224 biliões de Kwanzas, equivalente a 18.2 mil milhões de euros.

O Orçamento Geral do Estado de 2017 prevê uma contracção de uma nova despesa pública no mercado interno e externo, assim como 2.338 biliões de Kwanzas para o serviço da dívida no ano corrente.

De acordo com o documento, e de acordo com as contas do Governo, o défice orçamental está inscrito em 2.8% do PIB, o que ronda os 1.139 biliões de Kwanzas, equivalente a 6.4 mil milhões de euros.




Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Website Protected by Spam Master


error: Conteúdo Protegido !!