O Portal Bancos de Angola

É um espaço informativo de divulgação e educação voltado ao sector bancário angolano, suas ofertas, promoções, entrevistas, matérias, cotações, etc. Não devendo ser interpretado como substituto das entidades reguladoras do sector financeiro.

Divisas vendidas à banca nacional triplicam em apenas uma semana

A venda de divisas que semanalmente o Banco Nacional de Angola, BNA, faz à banca comercial, durante a primeira semana de Junho mais do que triplicou, quando comparada à semana anterior, tendo atingido os 376.4 milhões de euros. Este valor foi sobretudo para operações de cartas de crédito.

A informação acerca da evolução dos mercados cambial e monetário que está contida no relatório semanal do BNA, referente à semana entre 5 e 9 de Junho, revela um aumento da venda de divisas, depois de 118.9 milhões de euros, e 144.8 milhões de euros, relativamente às semanas imediatamente anteriores.

Divisas ainda se mantêm exclusivamente em euros

Ainda de acordo com o documento do BNA, as divisas que eles disponibilizaram ainda se mantêm exclusivamente em euros. As divisas disponibilizadas em vendas directas atingiram um valor equivalente a 420,6 milhões de dólares, valor esse que cobriu as necessidades das divisas no sector petrolífero e das operações com cartas de crédito, as quais emitidas pelo Banco Nacional de Angola, 29.1 milhões de euros e 153 milhões de euros, respectivamente.

Ainda foram disponibilizadas divisas para cobrir operações dos sectores dos transportes e das telecomunicações, 13.4 milhões de euros e 5.3 milhões de euros, respectivamente.

BNA vende 1.7 milhões de euros aos bancos para garantir salários de expatriados

De forma a garantir a transferência de salários dos expatriados, o Banco Nacional de Angola ainda vendeu aos bancos 1.7 milhões de euros, em apenas uma semana.

De acordo com as apurações do banco central no fim da semana passada, a taxa de câmbio média de referência (mercado cambial primário) não sofreu grandes alterações, permanecendo nos 166.742 kwanzas / dólar, e nos 186.296 / euro.

No mercado de rua, o dólar americano está a custar aproximadamente 380 kwanzas, que embora ilegal, ainda é a única forma de se obter a moeda norte-americana.

Lembremos que Angola sofreu uma forte crise económica e monetária, da qual ainda se encontra a recuperar lentamente, devido à queda da cotação do petróleo mundialmente, o que originou uma escassez de divisas estrangeiras no país, dificultando as transacções feitos com o exterior, e pondo mesmo em causa a compra de bens essenciais.

Actualmente, o Banco Nacional de Angola só disponibiliza euros, a única alternativa que tinham para poderem continuar a fornecer o país de bens alimentares e medicamentos, que de outra forma seria praticamente impossível.




Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Conteúdo Protegido !!