Search
24 de September de 2017
  • :
  • :

O Portal Bancos de Angola

É um espaço informativo de divulgação e educação voltado ao sector bancário angolano, suas ofertas, promoções, entrevistas, matérias, cotações, etc. Não devendo ser interpretado como substituto das entidades reguladoras do sector financeiro.

BNI – Lançamento de nova linha de crédito para projectos em Tete

O BNI (Banco Nacional de Investimentos) e a Agência Vale do Zambeze lançaram uma linha de crédito para financiamento de projectos em Tete no valor de 400 milhões. Os projectos em causa encontram-se destinados aos sectores de agro-negócios e empreendedorismo.

400 milhões de meticais para financiamento de projectos em Tete em linha de crédito do BNI

Hoje, dia 26 de Agosto, o Banco Nacional de Investimentos, BNI, juntamente com a Agência Vale do Zambeze, lançou uma linha de crédito no valor de 400 milhões de meticais, para financiar projectos de empreendedorismo e agro-negócios. Esta linha de crédito deverá abranger as províncias todas da região centro.

Esta é destinada a recém-graduados da escola técnico-profissional de agro-negócios, assim como a pequenas e médias empresas (associadas a cadeia de valor de produtos, como feijões, reno, arroz, e hortícolas).

Aqueles que beneficiam desta linha de crédito contam com reembolsos entre os 800 e 1 milhão e 200 mil meticais. A taxa de juro varia entre 5 e 10%.

Tomás Matola, Presidente do Conselho de Administração do Banco Nacional de Investimentos, a taxa aplicada tem como objectivo garantir o total reembolso dos valores concedidos.

É a Agência de Desenvolvimento do Vale do Zambeze que vai implementar esta iniciativa, a qual afirma que se pretende potencializar o sector empresarial do país.

Paulo Awade, Governador de Tete, foi o responsável pelo lançamento oficial da linha de crédito. O Governador pediu a todos os que estavam presentes para não confundirem os créditos cedidos com o Fundo de Desenvolvimento Distrital, os quais estão alocados centralmente aos distritos, e os quais vêem os níveis de reembolso muito aquém do que era esperado.

Este projecto terá a sua implementação em toda a região do vale do Zambeze, onde se encontram as províncias de Tete, Sofala, Zambézia e Manica.

Este projecto servirá para uma maior diversificação económica, não só regional, mas nacional. Lembre que esse é um dos objectivos centrais económicos actuais.




Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Website Protected by Spam Master


error: Conteúdo Protegido !!