O Portal Bancos de Angola

É um espaço informativo de divulgação e educação voltado ao sector bancário angolano, suas ofertas, promoções, entrevistas, matérias, cotações, etc. Não devendo ser interpretado como substituto das entidades reguladoras do sector financeiro.

BNA divulga canal de reclamações para irregularidades dos bancos comerciais quanto aos recursos

Banco nacional de Angola angola

 

Em nota de imprensa publicada ao qual o Portal dos Bancos de Angola teve acesso, o Banco Central de Angola, BNA, pronuncia-se relativamente aos bancos comerciais que operam no mercado bancário nacional que de alguma forma venham a prejudicar seus clientes, ao restringirem ou eventualmente negarem-se a proceder à disponibilização e movimentação de seus recursos.
No documento, o BNA informa que em função da sua constatação de que algumas instituições financeiras têm procedido de forma inadequada, até mesmo negligenciando a existência de um vínculo contratual estabelecido entre as partes, daí que no âmbito das suas competências qual garante da estabilidade do sistema financeiro, e com vista a ultrapassar eventuais irregularidades, os clientes são instados a endereçar suas dúvidas e reclamações à sede do BNA, na avenida 4 de Fevereiro, nº 148, ou atravez do correio electrónico: “atendimento.reclamacoes@bna.ao”.
Nas últimas semanas têm aumentado a quantidade de reclamações por parte dos consumidores de serviços bancários nacionais, quanto ao acesso aos seus recursos depositados em divisas, e mesmo quanto a pagamentos de facturas correspondentes a bens e serviços ao exterior.
Alguns bancos comerciais argumentam que em função da queda do preço do petróleo, e da consequente redução das entradas de divisas no país, tomaram medidas cautelares para a gestão “equilibrada ” das divisas em posse dos mesmos, atitude esta que o Governador do BNA em conferência de imprensa cedida por ocasião da reunião do concelho de ministros, considerou precipitada por parte dos bancos comerciais, e afirma que o BNA não reduziu a quantidade de divisas vendida aos bancos, e que pelo contrário tem havido um crescimento na quantidade de divisas vendidas entre Janeiro de 2013 à Janeiro de2015.




7 thoughts on “BNA divulga canal de reclamações para irregularidades dos bancos comerciais quanto aos recursos

  1. Andrey Santana

    Infelizmente as reclamações não funcionam.
    Já procedi com a reclamação há mais de uma semana, e nem fui recebido com um simples “recebemos a sua reclamação”.
    A intenção é boa, só falta é funcionar…

    Reply
    1. BancosdeAngola Post author

      Prezado,

      Quando tiver um tempo pode sempre dirigir-se ao BNA pessoalmente.

      Reply
  2. Adilia Silva

    há mais de um mês que estou a tentar fazer uma reclamação contra o banco sol por não querer dar-me as divisas que tenho em conta mesmo com visto e bilhete de passagem e não consigo.

    Reply
  3. Maria Pinto Coelho

    O BNA é suposto ser um Órgão regulador da banca de Angola mas nem sequer é reconhecido pelo BCE como tal…
    Tem um departamento de defesa do consumidor mas apenas serve para receber reclamações e encaminha-las aos bancos comerciais nada mais..
    Não estabelece limites de tempo para o banco comercial responder não estabelece limites de tempo para o banco comercial fazer transferências e há lugar a sanções à banca comercial por incumprimento. Já fiz “N” reclamações já me desloquei “n” vezes ao BNA e ´não funciona, as reclamações foram sempre sobre o Banco BIC cuja incompetência se tornou generalizada dentro dessa instituição, não é possível fazer uma reunião com os funcionários que têm cargos de liderança sem gravar, perdeu credibilidade e confiança, trabalhar com o BIC ANGOLA é uma doença faz mal à saúde das pessoas e empresas e são vingativos quando se faz reclamações…

    Reply
  4. Maria Pinto Coelho

    O Banco BIC Angola – Agência das Heroínas
    devolveu-me todas as transferências de salários sem qualquer explicação, presumo eu que muito provavelmente deve ser por vingança das reclamações que fiz desta agencia e da sede que fez promessa e não cumpriu, pedi explicações de o porquê da devolução e não responderam, sempre sonegaram informação ao cliente.. e assim vai o Banco BIC Angola com funcionários a gozar com o cliente ..

    Reply
  5. Benvindo João José

    Venho por este meio com muita mágoa informar do meu descontentamento de irregularidades de envio de remessa familiar e carregamentos de cartão visa-kamba.
    Fiz um envio de remessa familiar no dia 28/01/2016, passaram já 11 meses e nada foi feito.
    A bem pouco tempo fiz um carregamento no cartão visa-Kamba para ajuda de custo de despesa familiar em Portugal.
    Sou funcionário e trabalho numa empresa petrolífera, SOMOIL e preciso de ajudar a minha filha e esposa. -Será que não tenho esse direito?
    Tenho renda da casa atrasada e recibos de luz, gás e água para pagar.
    -Assim com poderei pagar?

    Reply
  6. Luis dos Santos Fernandes Caminhas

    Caríssimos Senhores, boa tarde,

    Agradeço por favor vossa prestigiosa intervenção na solicitação feita ao banco BIC, para realização de uma operação sobre o estrangeiro (ajuda familiar) no dia 09/12/2016, a favor de minha esposa Senhora Cátia Sofia Elba Diogo e até a data não foi materializada pelo facto do BNA não estar a disponibilizar divisas para o efeito.

    N. de conta 7625026714/1;

    Valor: EUR 5.500.

    Atenciosamente.

    Luís Caminhas.

    Reply

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Website Protected by Spam Master


error: Conteúdo Protegido !!