O Portal Bancos de Angola

É um espaço informativo de divulgação e educação voltado ao sector bancário angolano, suas ofertas, promoções, entrevistas, matérias, cotações, etc. Não devendo ser interpretado como substituto das entidades reguladoras do sector financeiro.

Bancos angolanos com menos 20 milhões diários em divisas.

 

card_angola_150116

Fonte: Econômico

 

Os bancos angolanos contaram com menos quase 20 milhões de dólares em divisas por dia em Dezembro, comparando com o mesmo mês de 2014, devido à intervenção do Banco Nacional de Angola (BNA) no mercado.

Os números constam do relatório mensal do banco central sobre a disponibilização de divisas, que em Dezembro ascendeu a 1.176 milhões de dólares (mil milhões de euros), menos 607 milhões de dólares (543 milhões de euros) face a 2014, o equivalente a uma quebra homóloga de 34%.

Angola vive há mais de um ano uma profunda crise financeira, económica e cambial decorrente da quebra da cotação do barril de crude no mercado internacional, que fez diminuir para metade as receitas com a exportação de petróleo.

Um dos efeitos da crise é a forte redução da entrada de divisas em Angola, necessárias para garantir as importações de alimentos, matéria-prima e máquinas.

Para manter as reservas internacionais liquidas em níveis suficientes para garantir seis meses de importações, o BNA tem vindo a limitar as vendas semanais de divisas que fazia aos bancos comerciais “para satisfazer as operações definidas como prioritárias pelo executivo”.

“Num contexto de diminuição das disponibilidades cambiais e elevado risco de desequilíbrio do referido mercado, face à redução dos ‘stocks’ alimentares e de matérias-primas bem como riscos de paralisação dos serviços, essenciais ao funcionamento da economia”, admite o BNA, no mesmo relatório.

Além das vendas directas do BNA, os bancos conseguiram comprar, em Dezembro, 199,52 milhões de dólares (178 milhões de euros) em divisas aos clientes, menos 36,1% em termos homólogos, o que atesta as dificuldades cambiais sentidas no país.

Sem divisas, os bancos angolanos têm vindo a limitar os levantamentos em dólares aos balcões, o que na prática dificulta viagens ao exterior ou importações de vários produtos, fazendo disparar o custo de vida.




2 thoughts on “Bancos angolanos com menos 20 milhões diários em divisas.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Website Protected by Spam Master


error: Conteúdo Protegido !!