O Portal Bancos de Angola

É um espaço informativo de divulgação e educação voltado ao sector bancário angolano, suas ofertas, promoções, entrevistas, matérias, cotações, etc. Não devendo ser interpretado como substituto das entidades reguladoras do sector financeiro.

As grandes missões dos bancos angolanos

A concessão de créditos para desenvolvimento está entre as missões dos bancos angolanos presentes em Portugal. A missão do BANC, por exemplo, é prestar apoio a todos os que queiram desenvolver a sua actividade econômica em Angola, sem burocracia. Embora dê atenção a este país, concentram-se esforços também na Europa e Portugal.

Embora tenham tido lucros milionários, os bancos ainda sofrem com as descidas dos resultados líquidos. O BAI Europa explica que isso se deve à constituição de provisões para os riscos do país, que representa 10% sobre as entidades residentes em Angola. Estas provisões são reversíveis, e podem ter uma redução do valor desse balanço. As estratégias para “desalavancagem” seguem até o final de 2014, e não são ditadas por fatores prudenciais.

A redução desse balanço tem um grande impacto proporcional na margem financeira. E todos esses fatores acrescem o agravamento de encargos fiscais e para-fiscais. O BAI já opera em um nicho de mercado, apostando em empresas portuguesas ligadas à Angola. Essa relação, que todos os bancos angolanos devem ter, é extremamente benéfica.

Este banco actua dando apoio a operações comerciais, como a exportações de bens e serviços de Portugal para Angola, ou em operações de capitais. Outra missão é investimentos portugueses em Angola e investimentos angolanos em Portugal. Essa medida estratégica atrai concorrentes exteriores, o que facilita o desenvolvimento da actividade econômica em Angola, tornando-se futuramente em um dos principais mercados exportadores nacionais.

Com os bancos a lucrar mais, novos créditos serão concedidos, aumentando assim a economia angolana e portuguesa. Além disso, outras empresas do exterior podem ser atraídas para possíveis investimentos no país. De qualquer forma, as missões dos bancos com certeza serão benéficas, embora tenham que driblar as provisões de risco e outros factores prudenciais.




Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Conteúdo Protegido !!