O Portal Bancos de Angola

É um espaço informativo de divulgação e educação voltado ao sector bancário angolano, suas ofertas, promoções, entrevistas, matérias, cotações, etc. Não devendo ser interpretado como substituto das entidades reguladoras do sector financeiro.

689,7 milhões de dólares vendidos a quase 30 bancos desde o início do mês

Com uma nova estratégia de comunicação, desenvolvida em nome de uma maior transparência, o Banco Nacional de Angola (BNA) voltou a publicar, no sábado, uma lista dos bancos que beneficiaram das últimas sessões de vendas de divisas. Da análise dos dados, conclui-se que, desde o início do mês, cerca de 30 bancos compraram 689,7 milhões de dólares.

fonte:NOVO JORNAL

Através da sua página web, o banco central informou que “vendeu, nos dias 5, 6 e 7 do corrente mês, divisas no montante equivalente a 314 milhões de dólares”, valor acrescido, nos passados dias 11, 12 e 15, pela transacção de 375,7 milhões dólares.

Mais do que revelar a quantidade de moeda americana comercializada, o BNA vai agora ao pormenor de divulgar o nome das instituições destinatárias das divisas, sem contudo especificar quanto cada recebeu.

Apesar de as transacções continuarem a não ter qualquer impacto no dia-a-dia dos angolanos – no sentido de que a população permanece sem acesso às divisas e os preços dos produtos não param de aumentar –, o BNA mantém o princípio de especificar o destino das vendas.

Assim, o regulador informa que os 375,7 milhões de dólares disponibilizados a 27 bancos, na última sessão de vendas “têm como razão primordial a cobertura de necessidades que as famílias têm ao nível dos bens alimentares, saúde e educação, merecendo por isso uma atenta e cuidada atenção por parte de todos em manter os preços de mercado justos para a estabilidade financeira do país”.

Entre as prioridades identificadas estão:

Importação de bens alimentares – 275,5 milhões de dólares

Importação das empresas prestadoras de serviço ao sector petrolífero – 60 milhões de dólares

Serviços de telecomunicações – 21 milhões de dólares

Ajuda familiar, saúde, educação, viagens e remessas de dinheiro – 11,2 milhões de dólares

Importações relacionadas com os programas sectoriais do Executivo – 8 milhões de dólares

Confira a lista de bancos compradores:

Banco Angolano de Investimentos (BAI); Banco Yetu (YETU); Banco Angolano de Negócios e Comércio (BANC); Banco BAI Micro Finanças (BMF); Banco BIC (BIC); Banco Totta Angola (BTA); Banco Comercial Angolano (BCA); Banco Comercial do Huambo (BCH); Banco de Comércio e Indústria (BCI); Banco de Fomento Angola (BFA); Banco de Investimento Rural (BIR); Banco de Negócios Internacional (BNI); Banco de Poupança e Crédito (BPC); Banco Económico (BE); Banco Kwanza Investimento (BKI); Banco Millennium Angola (BMA); Banco Prestígio (BPG); Banco Privado Atlântico (BPA); Banco Pungo Andongo (BPAN); Banco Sol (BSOL); Banco Valor (BVB); Banco VTB África (VTB); Finibanco Angola (FNB); Standard Bank de Angola (SBA); Standard Chartered Bank de Angola (SCBA); Banco de Crédito do Sul (BCS); Banco Keve (BRK).




Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Website Protected by Spam Master


error: Conteúdo Protegido !!